A maioria das gestantes sente os movimentos do feto a partir da 20º semana, sendo que esses movimentos fetais indicam bem-estar do bebê.

A pele muda bastante e pode começar a surgir estrias e manchas no rosto. Pode aparecer também acne, prurido (coceira na pele) e a linha nigra (uma linha divisória escura no abdome que passa pele umbigo). O fundo de útero atinge o umbigo na 20º semana.

O tamanho do coração aumenta para atender as exigências do bebê. A gengiva e o nariz podem sangrar em virtude das modificações do aparelho circulatório. A postura para sentar e dormir mudam, sendo preciso usar travesseiros e almofadas para ficar mais confortável. Há incômodo para respirar devido ao aumento do útero, que empurra os órgãos da mamãe para cima e comprime a barriga, levando a mulher a ter vontade de urinar toda hora.

Pode haver a ocorrência de alguns problemas a partir desse período, que devem ser comunicados ao médico o quanto antes. São eles: febre, sangramento (após relações, por exemplo), corrimentos, perda de líquidos pela vagina, dores de cabeça, zumbido no ouvido, insônia ou sono exagerado, nervosismo, agressividade, angústia, inchaço, coceira, dores de estômago, diarréia ou obstipação (intestino preso), queimação de estômago, problemas dentários, dor ao urinar ou dor nas costas.

2017 © Todos os Direitos Reservados - Dra. Maria Angélica Belonia

Desenvolvido por KION | Soluções Web